CADERNOS DE DESENHO "RAPHAEL - ESTUDOS DA FIGURA" CRIATIVO - Companhia do Papel LTDA










Visitante
Busca de produtos
HomeMeu CadastroHistórico de Pedidos
Palavra Chave
Categorias
Produtos
  CALIGRAFIA
  TINTAS ARTISTICAS
  BLOCOS
  MARKERS & LAPISEIRAS
  GRAVURA
  LAPIS ARTISTICOS
  MODELAGEM
  PAPEIS
  PASTEL & PIGMENTO
  PINCEIS
  MUSICA
  AUDIO HI FI
  DIVERSOS
  LIVRARIA
  ARTESANIA
  ARQUITETURA
  MAQUETE
  CAVALETES
  CURSO CHARLES LAVESO
Receba nossas ofertas
Nome
E-mail
  

Retornar para página anterior

LIVRARIA > Figura Humana
CADERNOS DE DESENHO "RAPHAEL - ESTUDOS DA FIGURA" CRIATIVO
Pagamento à vista
Depósito Bancário R$  34,90
Pagamento parcelado
PagSeguro até 12x - Clique e veja mais detalhes
    
INFORMAÇÕES DO PRODUTO

O mais notável na arte dos grandes artistas da Renascença, como Raphael, é sentir a devoção que eles tinham pela figura humana, vista por eles como a mais perfeita das criações divinas, e perceber como essa tendência humanista influenciava em seus trabalhos.

Em um ambiente artístico onde já havia Michelangelo e Da Vinci, o jovem Raphael, apenas por se destacar nesse meio já era uma comprovação de seu extraordinário gênio. Este volume de Cadernos de Desenho mostra por que razão Raphael, com apenas 25 anos de idade, era o pintor preferido do papa Julio II e foi chamado de Príncipe dos Pintores. Aqui estão os esboços de ‘santos’ e de ‘madonas’, mais os efeitos produzidos com luz e sombra em exemplos de destaque; também apresenta o sombreado com hachuras cruzadas de forma livre — do modo como se faz modernamente com bico de pena —, que Raphael iria desenvolver em obras pictóricas magníficas, em afrescos de decoração de catedrais, como o emblemático ‘Escola de Atenas’, que representa um dos berços da civilização e do saber, com filósofos de várias eras reunidos em torno de Platão e Aristóteles.

Alguns dos esboços resistiram ao tempo por ter sido feitos sobre pergaminho, um suporte mais comum e resistente do que o papel, mais raro e frágil naquela época. Graças a isso, podemos apreciar hoje os estudos que Raphael produzia, com influências da Antiguidade Clássica, e com os conhecimentos profundos de anatomia, que derivava de sua filosofia humanista.

Ao retratar a figura humana, mesmo quando ela representava um ser divino, Raphael a produzia de forma idealizada, embora usasse pessoas comuns como modelos vivos, ou as retratasse a partir da observação, da memória visual e do treino. Os estudos de anatomia que Raphael fez e que estão neste volume são extraordinários, idem os estudos de cabeças de figuras humanas, masculinas e femininas — tudo tem grande importância para os novos artistas que buscam referências nos clássicos.

CADERNOS DE DESENHO
RAPHAEL – ESTUDOS DA FIGURA
Editora Criativo
Autor: Raphael
ISBN: 978-85-64249-83-7
Formato: 25,5 x 36 cm
36 páginas

SOBRE O AUTOR
Raffaello Sanzio da Urbino (1483-1520), mais conhecido simplesmente como Raphael, foi um pintor e arquiteto da Alta Renascença. Com Michelangelo e Leonardo Da Vinci, ele forma a trindade tradicional daquele período.

Apesar da more prematura, aos 37 anos, Raphael foi um artista que produziu intensamente, e deixou uma grande obra que também se notabiliza pelo tamanho. Vários de seus trabalhos, incluindo os maiores deles, os afrescos, estão no Palácio Apostólico do Vaticano.

Sua carreira comportou três fases e três estilos, identificados por Giorgio Vasari: seus primeiros anos em Umbria, depois um período de quatro anos (de 1504 a 1508), quando absorveu as tradições artísticas de Florença, seguidos de seus últimos doze anos triunfantes em Roma, quando trabalhou para dois papas e seus colaboradores mais próximos.

Seu primeiro trabalho documentado foi realizado na cidade de Castello, na igreja de São Nicolau de Tolentino, entre 1500 e 1501. Já nessa época começava a desenvolver seu próprio estilo, e seus afrescos feitos por volta de 1505, em Perugia, possuem uma qualidade colossal. No final de 1508, ele se transferiu para Roma, onde viveu o resto de sua vida. Protegido pelo papa Julio II, tornou-se não só o pintor preferido como também o mais importante arquiteto de Roma.

A morte de Raphael em 1520, quando mal completava 37 anos, se deu por causas desconhecidas, embora se diga que ele teve um período febril e que morreu depois de ser medicado, talvez erroneamente.

Avaliação dos Clientes

Até o momento, nenhum comentário foi postado para esse produto, seja o primeiro clicando aqui

Produtos Relacionados





Carrinho Vazio
informações uteis
  Nossos Dados

  Termos de Uso

  Fretes e Entrega

Todas as Marcas referidas neste website são ou podem ser marcas comerciais registradas e protegidas por leis internacionais de copyright e propriedade industrial e pertencem aos seus respectivos fabricantes e proprietários.

Formas de pagamento:
pagseguro

Desenvolvido por:
desenvolvido

compra segura